Viemos para essa vida com 7 pontos de força em nossa estrutura energética que são chamados Chakras, que significa roda ou círculos de energia.

Os Chakras são vórtices de energias sutis. Eles têm a função de captar energia das camadas mais tênues da nossa Aura e trazê-la para animar o nosso corpo e nossa vida.

Quais são os nossos chakras

Todos eles se ligam ao nosso corpo, através de nossas glândulas. Temos 3 chakras chamados inferiores porque se relacionam com a nossa vida na Terra, eles são:

  • Chakras Básico,
  • Sexual e;
  • Plexo Solar.

Existem 3 chakras superiores, que se ligam a nossa vida espiritual:

  • Chakras Laríngeo,
  • Frontal e;
  • Coronário.

Há, ainda, o Chakra Cardíaco, que se torna a ponte entre a nossa vida humana e a espiritual.

Os 3 chakras inferiores, básico, sexual e plexo solar, não se posicionam atrás de estruturas ósseas em nosso corpo. Sendo assim, a expressão energética deles é muito mais fluida, permitindo que vivamos com intensidade e plenitude todos os processos humanos.

Os chakras cardíaco, frontal e coronário se posicionam atrás de ossos. Eles precisam estar mais protegidos, para que no momento correto, possam aflorar, nos conectando com nossa verdadeira essência divina.

O chakra laríngeo, apesar de ser um chakra superior, não está atrás de um osso. Ele é chamado de Portal da Espiritualidade. Esse foi um incrível presente de Deus, pois se tivéssemos todos os chakras superiores atrás de ossos, teríamos muito mais dificuldade de sentir o chamado para uma vida, com um significado maior do que simplesmente viver o cotidiano.

Assim, temos a oportunidade de, em algum momento de nossas vidas, ter um clique diferente e dizer: “Será que a vida é só isso?”. “O que eu vim fazer aqui?”. “Deve existir algo além do que eu vivo!”. “Tem de ter um significado maior para tudo!”.

Chakras e os Portais Internos

Esses questionamentos nos levaram a procurar algo maior, nos levaram para as religiões, filosofias ou para o abrangente universo espiritual.

Vivemos assim, mas contudo sem a conexão real com a verdade de quem somos, sem a consciência plena do todo.

Desenvolvi uma técnica que chamo de Abertura dos Portais Internos.

Nela, eu abro, com toques sutis, os chakras Cardíaco, Frontal e Coronário, desmaterializando uma parte da camada óssea. Isso é feito em sessões semanais e gradualmente.

Desde a primeira sessão, a sensação de reconexão já é sentida. Com o tempo, as pessoas começam a ter uma espécie de moleira novamente, como os nenéns. Assim, a energia flui com muito mais facilidade ajudando a conexão com o Eu Superior, consequentemente, com uma consciência mais plena.

Esta conexão consciencial é chamada de Iluminação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *