Juliana Minardi Omshali – Comunicadora, master coach e fundadora da Medita Brasil

No desejo de construir uma carreira de sucesso e ter estabilidade financeira, muitos acabam seguindo falsas crenças propagadas no mercado, alinhadas com a ideia de que só triunfa quem trabalha muito, rompendo os próprios limites.

Nas sessões de coaching, é grande o número de pessoas que chegam perdidas, emocionalmente confusas e, por vezes, até com a saúde comprometida em função de seguirem esses ideais utópicos relacionados ao trabalho.

A fantasia do trabalho excessivo

Na Internet é comum nos depararmos com vídeos e posts em páginas de “motivação” com frases como “Decida onde você quer estar e não pare até chegar lá” ou “Não descanse até conseguir o que quer”. Milhares embarcam nessa crença, ancorados na necessidade de autoaprovação ou de pertencimento. Muitos são os ambientes corporativos que atuam a partir de um conceito velado de que o funcionário perfeito é aquele que nunca diz não.

Nessa fantasia, para se manter muito produtiva, a pessoa acaba se bombardeando de tarefas e informações, durante longas horas do dia. O resultado disso é uma mente acelerada. Tenho ouvido muitos relatos de pessoas que, ao viver assim, têm a sensação de que à noite o sono não vem ou que não é possível dormir e descansar completamente.

Alguns acabam trocando o dia pela noite e outros tomando remédios para dormir e para acordar. Inicialmente, essa atitude pode até fazer algum efeito para a tal produtividade, mas a médio e longo prazo, o custo disso é altíssimo para a saúde. Alguns remédios causam perda de memória, dependência química, risco de infarto, de demência e até de morte. Com isso, perde-se a liberdade e o ritmo biológico natural do corpo.

Como descansar corpo e mente

Ao longo desse processo, se vai a oportunidade de estar realmente presente, conectado com a realidade. Nesse ritmo frenético, acaba-se perdendo a capacidade de escutar nosso próprio corpo e intuição.

Diante disso, precisamos nos lembrar de que o corpo físico é um sistema perfeito, capaz de nos mostrar se o que fazemos, dizemos e pensamos nos leva à evolução ou não. Todos aqueles que colocaram essa “escuta” em prática sabem que o descanso é sim necessário.

Existem três formas muito eficazes, que em conjunto, promovem grande descanso físico e mental:

  1. A primeira, e mais simples, é dormir, em média oito horas por dia. É imprescindível respeitar essa necessidade básica, ajudando assim a reduzir o estresse, melhorar a memória e o humor, controlar o apetite e manter os sistemas em equilíbrio.
  2. Outra forma bastante eficiente é meditar diariamente. Com o apoio de um treinador ou de um coach, é possível experimentar maneiras interessantes, de acordo com o momento de vida de cada um. Na meditação, abandona-se a necessidade de ter que fazer algo. O praticante não precisa se esforçar ou controlar nada. É o momento de sentar-se em silêncio e apenas Ser. Neste estado de consciência, é possível se conectar com seu potencial criativo puro, de estar aberto e consciente. Talvez, nesse momento você sinta que tudo aquilo que você tanto quer conseguir, já está aí dentro. A procura insana cessa e abre espaço para a paz, a verdadeira felicidade. Os benefícios para a saúde são inúmeros e já comprovados por sérios institutos de pesquisa científica de todo o mundo.
  3. Se conectar com a natureza também é uma forma muito benéfica. Buscar um parque, uma cachoeira, uma praia (ou até o quintal de casa) e se conectar com os elementos básicos ajuda a reequilibrar corpo, mente e emoções. Sem julgar se é bom ou ruim, se coloque na posição de observador da paisagem, perceba os cheiros, a brisa acariciando o seu rosto, os sons, o movimento das águas e das nuvens, o calor do sol. Esta prática pode se tornar também uma meditação.

Abençoados sejam nossos momentos de descanso! Assim, vamos trabalhando a arte da verdadeira presença e, revigorados, visões claras de futuro vão surgindo com mais fluidez. Nesta vibração pura, um dia, a prosperidade começa a chegar sem esforço. Você merece!

Namastê!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *