Onde está meu amor

Onde está meu amor

“Na Luz do Amor somos todos

Na Luz do Amor estamos em casa

Na Luz do Amor nós nos curamos e cantamos

Na Luz do Amor Tua vontade será feita

OM Shree Dhanvantre Namaha.”

 

In the Light of Love we are Whole

In the Light of Love we are Home

In the Light of Love we heal and sing

In the Light of Love Thy will be done

OM Shree Dhanvantre Namaha”.

 

Em sânscrito: Om Shri Dhanvantre Namaha significa  “Saudações ao Ser e poder do Curador Celestial.”

Este mantra, nos ajuda a encontrar a cura para nossas habilidades mentais, físicas e emocionais, cultivando e deixando mais forte o nosso potencial para curar a nós próprios e aos outros.  

Entoando o mantra alinhamos nosso corpo físico com o nosso corpo de luz e abrimos caminho para sentir a compaixão e o amor com mais força.

Trago esse mantra “In the Light of Love / Om Shri Dhanvantre Namaha” de Deva Premal e Miten em um concerto com convidado especial Manose,  para introduzir essa mensagem.

Onde está o meu amor?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gostaria que você observasse essa imagem.

Onde você se encontra?

Em desafios no seu relacionamento? No seu casamento?

Sentindo-se sozinha ou sozinho, em busca de um grande amor?

Feliz, realizado ou realizada em seu relacionamento amoroso?

Sozinha ou sozinho, em plenitude?

Alegre, conectado com a sua luz?

Minha caminhada em busca do amor

Essa mensagem é inspirada na minha caminhada, na busca de um grande amor. Um grande amor que demorou pra chegar. Nas subidas e descidas do morro, tropeçando, caindo, levantando, e continuando em frente.

Como tem sido sua caminhada em busca desse grande amor? Já encontrou?  Ainda não? Por onde será que ele anda?

Eu ainda não sou casada, não fui casada, mas já tive experiências de alguns relacionamentos duradouros. Outros passageiros. Ilusões, busca do amor no outro. Busca da minha realização no outro. E o outro chegava e passava.

E assim foi.

Por muito e muito tempo. E eu me sentia sozinha, frustrada, sem perspectivas. Por onde andará meu grande amor? Minha alma gêmea?

E nessa caminhada,  vivenciei, experimentei vários trabalhos de terapias, cursos, vivências, leituras e práticas:

Terapia com psicólogo, Cinesiologia, Biográfico, Pathwork, Meditação Conexão com os Anjos, Tarot dos Anjos, Mapa dos Anjos, Mapa Astral, Constelação familiar, EFT, Ho’oponopono, Mantras, Yoga, Leitura de aura, Thetahealing, Cosmoterapia.

Um trabalho de autoconhecimento e de busca desse amor.

Se você, hoje, busca um grande amor e não está feliz ainda, é preciso antes fazer um trabalho de acolhimento, de amor, por você.

A plenitude, a alegria, esse grande amor está em nós. Enquanto essa conexão com a nossa luz divina não ocorrer, continuaremos buscando fora, no outro, o que está em nós.  Esse reencontro de amor tem que acontecer em nós. Para depois expandirmos para o outro.

E, se você, hoje já tem o seu companheiro, a sua companheira e vivencia desafios que tornam sua caminhada muito sofrida e pesada, a caminhada de conexão com a sua luz também é necessária.

Sem esse reencontro, não há expansão de nossa consciência em plenitude. E sem essa expansão, muitas vezes, nos perdemos em contradições de nosso ego x coração, buscando ter razão nos relacionamento e impor nossas ideias.

Julgamentos, críticas, cobranças. Os outros são e continuarão sendo os responsáveis pela nossa felicidade ou infelicidade.

Transformação e Autoconhecimento: o reencontro com esse amor

O trabalho de autoconhecimento traz consigo a auto responsabilidade.

Nós somos responsáveis por tudo, tudo que nos acontece. As relações são oportunidades de trazer a tona o que em nós precisa ser acolhido e curado: nossos traumas, nossas dores da infância, nossas sombras que ficam escondidas e, muitas vezes, são espelhadas no outro.

Entrar em contato com essas sombras, com o que precisa ser iluminado, ter clareza, transformar.

Coragem!

É preciso coragem para assumir o comando e a responsabilidade pela nossa vida. É sair da zona de conforto e buscar onde dói para curar. Ver no outro, como diz Sri Prem Baba, um professor para nos ajudar a ver as nossas sombras. E Prem Baba também diz, se a vida é uma escola, os relacionamentos são a universidade. Ele fala do casamento da Nova Era, com transparência, honestidade, capacidade de ancorar a verdade, o amor puro.

Sugestões de leitura:

  • “Propósito”, “Amar e ser livre”, “Transformando o sofrimento em alegria” – Sri Prem Baba

E como nós podemos fazer essa transformação? Através desse trabalho de expansão de consciência, de autoconhecimento, de curas das nossas dores da infância, de limpeza de nossas crenças, através de práticas diárias de silêncio, de oração, de meditação, terapias, leituras inspiradoras, conexão com a natureza, com os nossos Anjos, com a nossa luz divina. Iluminando, curando, transformando.  

No casamento, o Prem Baba ainda sugere: prática de meditação juntos. Ter atenção ao fluxo da respiração, o fluxo de pensamentos, de emoções, sensações, sem julgar, sem criticar. Auto observação, silêncio, quietude.

Desafiante, mas é possível. A luz está em nós. A cura está em nós. O amor já é em nós. Lembrar que sempre que dissermos: VOCÊ não me entende, VOCÊ está fazendo isso, VOCÊ, VOCÊ, VOCÊ!  Não é o outro. Somos nós!

Está tudo em nós! O amor, a luz, a alegria, a expansão, a conexão divina.  É dentro! E somente com essa conexão, podemos expandir o nosso amor por nós e vivenciar a entrega do nosso amor para os outros, em plenitude.

Diálogos com Anjo

Segue uma mensagem do livro Diálogos com o Anjo que fala desse encontro.  

O Encontro 58 (fragmento) em que estava sendo celebrado o “Festival de Junho”, no dia 16 de junho.  O Anjo anuncia solenemente o Sol Novo. Em sintonia também com a imagem que eu escolhi para o centro do cartaz, onde o Céu e Terra se unem nessa conexão com a nossa luz divina.

Trecho que trata do NOVO SOL, DAR em conexão com o Sétimo (ELE) do livro “Diálogos com Anjo” de Gitta Mallaz

Encontro 58 (fragmento) – p. 299

Mensagem em áudio: (clique para escutar)

Conecte-se com seu Anjo e se inspire!

Conecte-se com o seu AMOR e AME!

Com carinho e gratidão,

Letícia.

Conheça a HolosPowered by Rock Convert