Mais um dia de uma situação conflituosa no ambiente de trabalho: mais um “não” do chefe, mais um dia em que é difícil manter-se otimista. Mais um dia de um trabalho não aprovado na agência, mais um cliente que não deu retorno ou, ainda, não quis fechar a proposta.

Mais uma tentativa de dizer “não” para aquela amiga que não sabe escutar que nem sempre você está disponível para uma conversa imediata. Quando acontece com alguém próximo, é ainda mais desafiador saber lidar com esta palavra de apenas três letras, mas muitas vezes carregada de tantas emoções.

Já parou pra pensar no peso que está dando para as respostas negativas que você recebe ou entrega no seu dia?

Cada carga atribuída pode e deve ser refletida da seguinte forma: você está sofrendo racional ou emocionalmente? Isto é, você está abalado com o “não” que recebeu, porque não concorda com quem o disse? Não é uma questão pessoal? Está incomodado com o “não” por que acha que a pessoa que ouviu a sua fala não merecia? Será que você não está supervalorizando a situação?

Em contraponto, consegue compreender que passamos a vida recebendo “sim” e “não” e que o poder da mente é fundamental para direcionarmos a energia de maneira saudável e equilibrada?

Esses pontos devem ser levados em consideração para lidarmos melhor com tais episódios.

Não leve a vida tão a sério

O sofrimento de lidar com uma resposta negativa pode ser amenizado quando começamos a pensar que “não” é somente um “não”. E nada além disso.

Uma pessoa que carrega uma mentalidade negativa atribui um “não” como algo pessoal, que só acontece com ela, que é uma pessoa azarada por receber tantos retornos negativos.

A mudança pode estar aí: nascemos, crescemos e morremos recebendo respostas que nem sempre são as que gostaríamos de receber. E quem disse que viver seria fácil? Não leve cada resposta tão a sério, às vezes é isso que está faltando para você enfrentar os seus desafios de maneira mais leve e despretensiosa. Não levar a vida tão a sério também é sinal de maturidade.

Não sabote a si mesmo

Será que você não está se auto sabotando quando conclui que as portas estão fechadas somente porque recebeu um “não”?

Será que você não está se comparando demais aos outros e se colocando em situação de desvantagem quando tudo que aconteceu foi ter recebido um “não”?

O peso da palavra negativa é diretamente proporcional à maneira com que você atribui o poder da sua mente. Não supervalorize o que não deve ser supervalorizado da mesma forma que não deve desprezar o que não deve ser desprezado.

Use o poder da mente para reverter situações que podem ser enfrentadas de maneira mais leve.  Mente = poder de mudança!

Gostou das nossas reflexões de hoje? Comente e compartilhe!

 

“A mente é como um paraquedas.

Só funciona se tiver aberta.”

Autor desconhecido

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *