A busca por uma solução que ajude a combater o stress de uma rotina acelerada e que prejudica o sono, causa dor de cabeça constante e dores no corpo, pode ser encontrada no shiatsu. A técnica que é desenvolvida através dos conhecimentos advindos da medicina milenar chinesa, e posteriormente aperfeiçoada pela cultura japonesa, é feita através da pressão dos dedos no trajeto dos meridianos, isto é, os canais de energia que percorrem pelo corpo e seus respectivos órgãos.

Através da pressão, percussão, fricção, rotação e alongamentos dos considerados “pontos de tensão” do nosso corpo, o principal objetivo da técnica shiatsu é desbloquear os canais de energia que estão prejudicados de alguma forma: seja por excesso ou carência. Por estarem relacionados com os órgãos do corpo humano, ao liberar o fluxo de energia dos meridianos, acredita-se que a capacidade de defesa das zonas trabalhadas são recuperadas.

É fundamental reforçar, no entanto, que o shiatsu, assim como outras terapias holísticas, defende o equilíbrio físico, mental e espiritual. Por isso, ao escolhê-lo como processo terapêutico, deve-se entender que a ideia não é uma cura imediata, mas um processo de autoconhecimento, uma trajetória a fim de conhecer as origens dos problemas físicos e como eles podem ser tratados de forma harmoniosa e, principalmente, saudável.

Os alívios de dor, combinados a uma sensação de leveza e bem-estar, são notórios e percebidos quando a técnica é aplicada por um profissional especializado e capacitado. As consequências positivas do shiatsu são reforçadas quando adotam-se práticas simples, mas essenciais na manutenção de um estilo saudável. São elas: hidratação constante, prática de exercícios físicos, boa qualidade do sono, escolha de alimentos naturais e orgânicos, entre outras ações que contribuem para um dia a dia mais leve.
Também é fã do shiatsu? Compartilhe a sua impressão com a gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *